fbpx
  • Home
  • De estatal em estatal o Brasil vai afundando

De estatal em estatal o Brasil vai afundando

25 de março de 2021 admin 0 Comments

Somos o país da OCDE e convidados com mais estatais! Temos 418 empresas, entre federais, estaduais e municipais em que o governo é o sócio majoritário!

Com todas essas empresas, em 2019, o quadro de funcionários públicos somava mais de 448 mil pessoas. A despesa de pessoal passou dos R $101 bilhões! Somente de assistência à saúde o gasto foi superior a R$10 bilhões, totalizando 1,67 milhão de pessoas, entre funcionários, dependentes e aposentados.

Entre as muitas empresas, algumas geram lucro, como Banco do Brasil e Petrobras. Em compensação estão sempre na mira  de intervenções políticas….

Outras dependem do repasse financeiro do Governo. Em 2019, as estatais dependentes custaram R$20 BILHÕES aos cofres públicos. São 18 empresas que sem essa ajudinha não conseguem sobreviver. Entregam POUCO ou NADA para a sociedade.

Algumas, inclusive, mesmo recebendo transferências continuam fechando as contas no vermelho! Mas nem por isso elas deixam de pagar salários bem atraentes…

Vejamos a Companhia de desenvolvimento dos Vales do São Francisco e da Parnaíba, CODEVASF, extremamente cobiçada por políticos por causa das obras e revitalização da região Nordeste.

No seu quadro temos mais de 1.500 empregados e salário médio de R$ 20.700, muito acima da iniciativa privada.

Mas não consegue andar com as próprias pernas: recebeu repasses de R$2,7 bilhões nos últimos 5 anos.

Um completo absurdo!

É importante ressaltar que não há nenhum problema em pagar bem os funcionários, desde que a empresa entregue resultado aos seus acionistas.

No caso de uma estatal, o maior acionista é o estado e, consequentemente, o contribuinte. É ele que não vê resultado na prestação de serviços públicos. Somos nós que sentimos preços cada vez mais altos e serviços cada vez piores.

Cabe ressaltar a ótima iniciativa do Ministério da Economia e Secretaria de Desestatização pela divulgação desse Relatório. É a primeira vez que o governo publica informações nesse grau de detalhe a respeito das estatais brasileiras.

Afinal, quem não monitora não gerencia!

FONTES:

Relatório estatais M.Fazenda: 

https://www.gov.br/economia/pt-br/centrais-de-conteudo/publicacoes/relatorios/relatorios-das-empresas-estatais-federais/raeef/raeef-2019.pdf/view

Ranking OCDE: 

https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,brasil-e-campeao-em-numero-de-estatais-entre-economias-mais-desenvolvidas,70002581967

Custo estatais: 

https://www.gazetadopovo.com.br/republica/estatais-dependentes-custo-20-bilhoes-governo/