O Brasil fechou o trimestre encerrado em janeiro com uma taxa de desocupação de 12,2%. E enquanto esse índice de desemprego cresce, nenhuma medida é tomada para reverter a situação.

Apesar dessa realidade brasileira ser bem difícil de resolver, é necessário ter em mente que precisamos de soluções de curto e longo prazo para controlar a situação.

 

E o que pode ser feito imediatamente?

A curto prazo, seriam necessárias diversas medidas econômicas para que o mercado tivesse uma estabilidade. Em primeiro lugar, simplificar nossa estrutura de impostos do Brasil. Hoje, nosso país tem um dos mais complexos sistemas tributários do mundo! Em 2015, cerca de 41,37% do que os brasileiros ganharam no ano, foi destinado ao pagamento de impostos.

Também precisamos melhorar o ambiente para novos negócios no país. Abrir a economia e recuperar investimentos internacionais traz melhoraria e mais ofertas de emprego. É claro que fazer isso não é tão simples assim, é preciso dar estrutura para que a indústria faça isso no país. Outras melhorias podem e devem ser feitas no curto prazo, mas vou listar apenas essas nesse post. Porém no longo prazo....

 

Nós precisamos de mais!

A longo prazo a situação muda de figura, nós não falamos mais dos problemas superficiais e precisamos ir a fundo em uma questão que deve ser o centro das discussões: a educação.

Quando priorizamos a  educação básica, com um sistema educacional de qualidade que tenha a capacidade de formar jovens conscientes e preparados para o mercado de trabalho, mudamos o ciclo vicioso da falta de oportunidades. Principalmente se a educação básica promover o incentivo da educação profissionalizante.

Esse círculo vicioso vem a tempos perseguindo a vida dos jovens brasileiros. Jovens sem oportunidades para construir um futuro melhor que se veem obrigados a trabalhar com empregos informais para sustentar a família. A partir disso, o círculo só continua. Os filhos desses jovens também não terão boas oportunidades e provavelmente terão também empregos informais. Quantas histórias não vemos todos os dias assim?

 

Círculo Virtuoso da Educação

 

Foi o que quase aconteceu comigo, minha mãe e meu pai não tiveram oportunidades, e eu no meio de 11 irmãos poderia ser só mais um para a estatística. Mas tive provas durante a minha vida de como a educação tem um poder transformador e foi através dela que eu consegui dar um pouco de conforto para meus pais, além de conseguir crescer e me realizar profissionalmente. Ao investir em educação, esse círculo é quebrado.

 

Confira aqui quais são os desafios para melhorar a educação no Brasil.

 

A boa qualidade do ensino pode provocar reações econômicas positivas no futuro. O que isso quer dizer? Ao criarmos oportunidades, o cidadão tem mais chances de contribui. Por exemplo, fazendo uma compra melhor no mercadinho do seu bairro. O dono do mercado passa a ter mais chances de aumentar a sua renda e resolve aumentar o seu negócio. Cria-se novas vagas de empregos. Só assim conseguimos que as pessoas tenham mais oportunidades de se destacarem no mercado de trabalho.

Isso é investir no futuro desses jovens! É criar oportunidades para que quebrem um círculo no qual se veem presos a anos.

Eu acredito nisso e estou dedicado a conversar com cada um na força da educação para o Brasil. E você, o que acha disso? Continue acompanhando o meu blog e venha conversar comigo pelo Facebook, você pode mandar uma mensagem diretamente para mim pelo Messenger, ou envie para o WhatsApp para o número (11) 95530-0697.

E aí o que achou?

Vamos conversar! comente aqui em baixo para trocarmos mais ideias!